Warning: Declaration of Quick_Count_List_Table::prepare_items($start_timestamp, $end_timestamp) should be compatible with WP_List_Table::prepare_items() in /home/tkthrinf/public_html/retratosdofimdalinha/wp-content/plugins/quick-count/class-quick-count-list-table.php on line 6

Warning: Declaration of subscribe2_widget::addPluginSubMenu() should be compatible with mijnpress_plugin_framework::addPluginSubMenu($title, $function, $file, $capability = 10, $where = 'plugins.ph...') in /home/tkthrinf/public_html/retratosdofimdalinha/wp-content/plugins/subscribe2-widget/subscribe2-widget.php on line 18

Warning: Declaration of subscribe2_widget::addPluginContent($links, $file) should be compatible with mijnpress_plugin_framework::addPluginContent($filename, $links, $file, $config_url = NULL) in /home/tkthrinf/public_html/retratosdofimdalinha/wp-content/plugins/subscribe2-widget/subscribe2-widget.php on line 18

Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/tkthrinf/public_html/retratosdofimdalinha/wp-content/plugins/quick-count/class-quick-count-list-table.php:6) in /home/tkthrinf/public_html/retratosdofimdalinha/wp-content/plugins/qtranslate/qtranslate_core.php on line 71
Carlos Francisco | Retratos do Fim da Linha
Retratos do Fim da Linha

Carlos Francisco

Carlos é um dos mais antigos moradores da Comunidade do Adonis, se aproximando de vinte anos no local, apesar de não conseguir precisar quanto tempo. Mora no terceiro e último andar da antiga fábrica, num barraco de madeira com exposição ao sol. Chegou neste local pois perdeu a casa onde morava, “por problemas de herança”. É o único responsável por cinco filhos, sendo um deles deficiente. Sua esposa faleceu há sete anos. Conta que sua maior questão com o lugar onde vive é a falta de água corrente. O jeito é estocar água em grandes garrafas, cada uma servindo a um propósito específico: cozinhar, descarga e banho. Está há seis anos desempregado, desde que foi demitido da fábrica de cigarros Souza Cruz, que foi mais uma a fechar as portas na região. A numerosa família sobrevive das transferências do Bolsa Família. Sua maior projeção em relação a um possível reassentamento é morar em local que tenha água corrente.